ASSINE O JORNAL IMPRESSO

SEMESTRAL R$ 80,00

ANUAL R$ 150,00

(48) 3535-1256


Jacinto Machado decreta situação de emergência e contabiliza perdas com ciclone bomba

Tempo

há 1 ano


07/07/2020 11h05


Em reunião na tarde desta segunda-feira, 06, promovida pela Secretaria Municipal de Agricultura de Jacinto Machado, entidades, sindicatos e cooperativas avaliaram os estragos ocasionados pela passagem do ciclone bomba em Jacinto Machado. O município decretou situação de emergência devido os prejuízos, principalmente na agricultura.

Segundo o secretário de Agricultura José Antônio Cardoso, o Zequinha, os quase 4 mil hectares de banana, segundo o IBGE, sofreram danos devido o vento. Em média, 50% da produção está perdida. "Estivemos em todas as comunidades, a pedido do prefeito Gaiola, conversando com os agricultores e vendo de perto os estragos e, infelizmente, em muitas propriedades o estrago foi ainda maior, chegando a 80 e 90% de perda do bananal", ressalta.

Também houve perdas nos galpões, residências, eucalipto, entre outros. "Pelo que vimos no município, o ciclone bomba foi mais forte que o Catarina, e os reflexos serão sentidos ao longo dos meses, com a perda de capital dos bananicultores, que influencia nos demais setores", afirma Zequinha.

O extensionista da Epagri Alex Roesler, também destacou que para normalizar as perdas na agricultura será necessário, no mínimo, um ano. "Até lá a renda do colono vai diminuir e para se reerguer será necessário investimento e apoio", completa.

Todos os dados levantados serão encaminhados para a Defesa Civil estadual e nacional. Participaram da reunião representantes da Secretaria Municipal de Agricultura, Cooperja, Sicoob Credija, Cejama, Epagri, Defesa Civil, Sindicato dos Produtores Rurais de Jacinto Machado e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jacinto Machado.

Recuperação dos estragos

Desde a última quarta-feira, 1º, funcionários da prefeitura trabalham para retirar árvores que obstruíram estradas e ainda prestam auxílio às famílias em vulnerabilidade social que tiveram estragos em suas casas. As equipes de funcionários da Secretaria de Obras, Agricultura e Social fizeram visitas e levantamento das áreas atingidas.

O fornecimento de energia foi restabelecido por completo no último sábado, 4. Segundo a Cejama foram 120 postes danificados, 2500 metros de rede arrebentadas, quatro transformadores e um investimento de R$ 120 mil para recuperar os estragos na rede elétrica.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhe esta notícia



Voltar


Utilizamos cookies para sua melhor experiência em nosso website. Ao continuar nesta navegação, consideramos que você aceita esta utilização.

Ok Política de Privacidade

Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Jornal Volta Grande