ASSINE O JORNAL IMPRESSO

SEMESTRAL R$ 75,00

ANUAL R$ 135,00

(48) 3535-1256


Jacinto Machado decreta situação de emergência e contabiliza perdas com ciclone bomba

Tempo

há 1 mês


07/07/2020 11h05


Em reunião na tarde desta segunda-feira, 06, promovida pela Secretaria Municipal de Agricultura de Jacinto Machado, entidades, sindicatos e cooperativas avaliaram os estragos ocasionados pela passagem do ciclone bomba em Jacinto Machado. O município decretou situação de emergência devido os prejuízos, principalmente na agricultura.

Segundo o secretário de Agricultura José Antônio Cardoso, o Zequinha, os quase 4 mil hectares de banana, segundo o IBGE, sofreram danos devido o vento. Em média, 50% da produção está perdida. "Estivemos em todas as comunidades, a pedido do prefeito Gaiola, conversando com os agricultores e vendo de perto os estragos e, infelizmente, em muitas propriedades o estrago foi ainda maior, chegando a 80 e 90% de perda do bananal", ressalta.

Também houve perdas nos galpões, residências, eucalipto, entre outros. "Pelo que vimos no município, o ciclone bomba foi mais forte que o Catarina, e os reflexos serão sentidos ao longo dos meses, com a perda de capital dos bananicultores, que influencia nos demais setores", afirma Zequinha.

O extensionista da Epagri Alex Roesler, também destacou que para normalizar as perdas na agricultura será necessário, no mínimo, um ano. "Até lá a renda do colono vai diminuir e para se reerguer será necessário investimento e apoio", completa.

Todos os dados levantados serão encaminhados para a Defesa Civil estadual e nacional. Participaram da reunião representantes da Secretaria Municipal de Agricultura, Cooperja, Sicoob Credija, Cejama, Epagri, Defesa Civil, Sindicato dos Produtores Rurais de Jacinto Machado e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jacinto Machado.

Recuperação dos estragos

Desde a última quarta-feira, 1º, funcionários da prefeitura trabalham para retirar árvores que obstruíram estradas e ainda prestam auxílio às famílias em vulnerabilidade social que tiveram estragos em suas casas. As equipes de funcionários da Secretaria de Obras, Agricultura e Social fizeram visitas e levantamento das áreas atingidas.

O fornecimento de energia foi restabelecido por completo no último sábado, 4. Segundo a Cejama foram 120 postes danificados, 2500 metros de rede arrebentadas, quatro transformadores e um investimento de R$ 120 mil para recuperar os estragos na rede elétrica.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhe esta notícia



Voltar


Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Jornal Volta Grande