ASSINE O JORNAL IMPRESSO

SEMESTRAL R$ 80,00

ANUAL R$ 150,00

(48) 3535-1256


Polícia Civil prende estrangeiro por uso de passaporte falso

Segurança

há 17 dias


15/06/2022 19h13


A Polícia Civil da Comarca de Turvo, deflagrou na última semana uma operação policial na cidade de Timbé do Sul, com o objetivo de apurar denúncia de que um indivíduo foragido da Espanha estaria ameaçando vizinhos, na localidade conhecida como Rocinha.

As informações preliminares que chegaram a Polícia Civil, era de que o suposto procurado internacional seria acusado de triplo homicídio na década de noventa na cidade de Alcácer, Espanha.

Frente as informações e levantamentos, fora representado ao juízo por mandado de busca e apreensão na residência do suspeito, o que foi cumprido por volta das 6h do dia 09/06/2022.

 

No momento da abordagem o suspeito não reagiu, sendo constatado que ele vivia com esposa e um filho maior. Nessa ocasião, constatou-se que não se tratava do procurado internacionalmente pelo delito de Alcácer.

Foi solicitado ao indivíduo suspeito que ele se identificasse, momento que ele apresentou um passaporte emitido pela Espanha.

Por haver indícios de irregularidade, todos os passaportes foram recolhidos e o suspeito, de nacionalidade espanhola, com 49 anos, que apresentou os documentos quando solicitado encaminhado à delegacia de polícia.

Na unidade policial, com o auxilio da embaixada da Espanha no Brasil e da Polícia Federal, verificou-se que todos os passaportes eram falsos.

Diante desta situação, fora decretada a prisão em flagrante do conduzido, que ao ser interrogado confirmou que falsificou os documentos dele e dos familiares.

As investigações revelaram que o suspeito reside há aproximadamente um ano em Timbé do Sul e mantinha uma vida discreta sempre tentando evitar relacionamentos e dizer o seu nome.

Informações preliminares buscadas pela Polícia Civil, apurou-se que o estrangeiro supostamente se envolveu em meados de 2004 em uma tentativa de homicídio na Bélgica e possivelmente seja o motivo de viver clandestinamente no Brasil.

A prisão efetuada fora homologada pelo poder judiciário e convertida em prisão preventiva, justamente para a garantia da ordem pública e a aplicação da lei penal.

A operação policial fora coordenada pelo Delegado Lucas Fernandes da Rosa, contando com o apoio das Delegacias de Ermo, Jacinto Machado, Timbé do Sul, Turvo e Sombrio.

Fonte: Delegado de Polícia Civil

Compartilhe esta notícia



Voltar


Utilizamos cookies para sua melhor experiência em nosso website. Ao continuar nesta navegação, consideramos que você aceita esta utilização.

Ok Política de Privacidade

Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Jornal Volta Grande