ASSINE O JORNAL IMPRESSO

SEMESTRAL R$ 75,00

ANUAL R$ 140,00

(48) 3535-1256


Homem é condenado a 43 anos por estupro de vulnerável contra as próprias filhas em Nova Veneza

Segurança

há 7 dias


13/10/2021 13h48


O juízo da 1ª Vara Criminal da comarca de Criciúma condenou um homem a 43 anos e seis meses de reclusão pela prática de estupro de vulnerável contra duas filhas. Uma das vítimas, de 18 anos, teria sido abusada pelo pai desde os 11 anos. A outra filha, com 11 anos à época dos fatos, também teria sido vítima de atos libidinosos praticados pelo genitor. A decisão foi do juiz substituto Guilherme Costa Cesconetto.

 

Segundo a denúncia, a filha mais velha teria sido constantemente estuprada pelo pai, durante seis anos, quando a madrasta se ausentava da residência em que viviam e também em um matagal na cidade de Nova Veneza. Além disso, aos 17 anos, seu pai teria aceitado que a ofendida se casasse desde que continuassem a manter relações sexuais, mediante ameaça de morte contra ela e pessoas da família, pois o acusado dizia possuir arma de fogo.

 

O réu, preso desde março deste ano, foi condenado a 43 anos, seis meses e 11 dias de reclusão e um ano de detenção, em regime inicial fechado. Ele também foi condenado a indenizar as filhas, a título de danos morais, em R$ 17 mil, e teve negado o direito de recorrer em liberdade. O processo tramitou em segredo de justiça. Cabe recurso da decisão ao TJSC.​​

Fonte: Assessoria TJSC

Compartilhe esta notícia



Voltar


Utilizamos cookies para sua melhor experiência em nosso website. Ao continuar nesta navegação, consideramos que você aceita esta utilização.

Ok Política de Privacidade

Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Jornal Volta Grande