ASSINE O JORNAL IMPRESSO

SEMESTRAL R$ 75,00

ANUAL R$ 135,00

(48) 3535-1256


Policia Federal na Casa da Agronômica, residência oficial do Governador, neste momento

Segurança

há 26 dias


30/09/2020 07h47 - Atualizado em 30/09/2020 07h49


Governador de SC é alvo de buscas em investigação sobre suposta fraude na compra de respiradores.

Segundo o Ministério Público Federal, objetivo é buscar provas de relação de Carlos Moisés (PSL) com empresários que venderam aparelhos ao estado. Contrato sob suspeita é de R$ 33 milhões. A defesa do Governador ainda não se pronunciou.

 A Polícia Federal e a Ministério Público Federal (MPF) cumprem na manhã desta quarta-feira (30) mandado de busca e apreensão na Casa da Agronômica, onde mora o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), em Florianópolis.

O mandado foi expedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e é necessário, segundo o Ministério Público Federal, para apurar a relação de Carlos Moisés com empresários que venderam aparelhos ao estado. O contrato sob suspeita é da compra de 200 respiradores por R$ 33 milhões pagos antecipadamente pelo governo em março. Os aparelhos não foram entregues.

 

A Procuradoria Geral da República (PGR) informou que a operação deve cumpre mais mandados em Santa Catarina também em propriedades de dois ex-integrantes do governo, que não tiveram os nomes informados. As viaturas saíram descaracterizadas

 

Fonte: G1 SC

Compartilhe esta notícia



Voltar


Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Jornal Volta Grande