ASSINE O JORNAL IMPRESSO

SEMESTRAL R$ 75,00

ANUAL R$ 135,00

(48) 3535-1256


Empresário Roberto Angeloni morre em acidente na BR-101, sua Mercedes partiu ao meio

Segurança

5.0 mil

há 15 dias


28/06/2020 15h10 - Atualizado em 28/06/2020 19h55


Um grave acidente de trânsito chamou a atenção de populares que transitavam na BR 101, em Biguaçu, km 185, altura do posto Tijuquinhas. Motoristas que estavam no posto de combustível presenciaram o momento em que um Mercedes Benz AMG GT, com placas de Criciúma, se partiu ao meio após colidir em um poste.

 

O acidente foi registrado por volta das 12h30min deste domingo, dia 28, e as partes do automóvel ficaram no pátio do posto, às margens da Rodovia Federal.

 

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou a morte do empresário criciumense Roberto Angeloni, de 50 anos, era solteiro, sendo o mais velho de Antenor Angeloni. Trabalhava na rede de supermercados em Curitiba. Roberto atuava no grupo Angeloni desde muito jovem e considerava que o trabalho é o mais importante desafio da vida e o grande valor do homem, requerendo extrema dedicação e estudo. Deixa os pais, Antenor e Nolênia, os irmãos Cristina e Henrique, sobrinhos, tios e primos.

 

Atualização

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou as investigações das causas do acidente que vitimou o empresário Roberto Angeloni, de 50 anos. A perícia da PRF, que ainda estão em andamento, apurou que Angeloni transitava em velocidade acima da permitida e perdeu o controle do veículo. A colisão aconteceu no sentido Norte da BR-101, no KM 184, em Biguaçu, na tarde deste domingo, dia 28.

 

“A Mercedes vinha em uma velocidade acima do permitido. O que a perícia da PRF já concluiu, mas ainda está em andamento. O motorista passou por algumas ondulações que existem na região, perdeu o controle do veículo que derrapou, quase bateu na mureta do lado esquerdo. Ele puxou para o lado direito, colidiu um uma caminhonete Ranger, que vinha na faixa da direita, saiu da rodovia, entrou no pátio de um posto e bateu de frente em um poste”, detalhou o inspetor e chefe do Núcleo de Comunicação da PRF de Santa Catarina, Luiz Graziano.

Fonte: Jornal Volta Grande/José Mota

Compartilhe esta notícia



Voltar


Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Jornal Volta Grande