ASSINE O JORNAL IMPRESSO

SEMESTRAL R$ 75,00

ANUAL R$ 135,00

(48) 3535-1256


Menino atropelado por motorista embriagado segue internado em estado grave

Segurança

317

há 9 dias


08/10/2019 21h07


Causador do acidente foi liberado pelo judiciário antes da audiência de custódia

 

Um dos meninos de 12 anos, atropelado por um motorista embriagado, segue internado em estado grave no Hospital São José, em Criciúma. O acidente ocorreu por volta das 12h55min de segunda-feira, dia 07, na Rua Anastácio de Oliveira Soares, no bairro Polícia Rodoviária, em Araranguá.

 

Segundo informações, as vítimas caminhavam pelo acostamento da estrada de chão, um empurrando sua bicicleta, quando um homem que conduzia uma Spin, os atropelou. Os dois garotos quebraram o parabrisa com suas cabeças e o capô ficou amassado devido a forte colisão.

 

Um dos garotos foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros com escoriações e levado ao Hospital Regional de Araranguá e o amigo, que teve traumatismo craniano, foi socorrido pela Unidade de Suporte Avançado (USA) do SAMU e, devido a gravidade dos ferimentos, foi transferido para Criciúma.

 

De acordo com testemunhas, o veículo, no momento do acidente, estava a uma velocidade de aproximadamente 80 Km/h e, após o atropelamento parou a uma distância de 10 metros. O motorista nada sofreu e foi preso em flagrante por embriaguez ao volante.

 

as que trabalha em uma oficina em Araranguá, foi autuado em flagrante pelo delegado Jair Pereira Duarte por embriaguez ao volante e lesão corporal gravíssima, sendo ele encaminhado no final da tarde de ontem ao Presídio Regional de Araranguá, no entanto permaneceu preso até próximo ao meio dia desta terça-feira (08), sendo solto antes mesmo da audiência de custódia, que foi dispensada pelo juiz plantonista.

 

Conforme apurado pela reportagem, o veículo envolvido no acidente, era de um cliente e, testemunhas afirmaram ser inverídica a informação repassada pelo homem, de que teria tentado desviar de um cachorro.

 

O delegado Jair Pereira Duarte aguarda os laudos periciais do local do crime e exames de corpo delito das vítimas, para conclusão da investigação.

 

O pai do menino, João Oliveira, espera que a justiça seja feita.

Fonte: Agora Sul

Compartilhe esta notícia



Voltar


Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Jornal Volta Grande