ASSINE O JORNAL IMPRESSO

SEMESTRAL R$ 75,00

ANUAL R$ 135,00

(48) 3535-1256


DIC de Araranguá elucida homicídio em Flor do Campo

Segurança

826

há 6 dias


10/06/2019 11h06


Um homem de 22 anos foi preso acusado de ser o autor dos disparos

 

Por volta das 22 horas de ontem, domingo dia 09, Amilton Lima Rocha de 33 anos foi morto a tiros em uma das casas do Residencial Flor do Campo, no bairro Lagoão, em Araranguá. Assim que a equipe da Divisão de Investigação Criminal de Araranguá, coordenada pelo delegado Lucas Fernandes da Rosa soube do crime, foi ao local e começou a colher elementos para o esclarecimento do crime.

 

Logo no início, os policiais conseguiram uma informação de que a vítima estava sendo ameaçada por três homens, tendo como motivação uma espingarda e uma TV, que estariam na posse da vítima, objetos reivindicados pelo trio.

 

As diligências se estenderam durante a madrugada e os agentes da especializada conseguiram localizar a casa dos suspeitos de estarem ameaçando Amilton, local que segundo vizinhos, era um ponto de tráfico de drogas. “Em abordagem no local, foi encontrada uma bicicleta, o que teria fechado com uma informação da forma como o autor do crime teria chego no local em que ocorreu a execução, esclareceu a autoridade policial.

 

Quando os policiais civis estavam saindo da residência abordada, se depararam com um veículo VW/Fox, de cor prata, chegado nas proximidades, e como havia informação que os indivíduos usavam esse carro, foi realizada a abordagem.

 

Conforme o delegado Lucas, antes, no Residencial Flor do Campo, os agentes haviam encontrado o aparelho celular de Amilton, dentro do carro, e com autorização dos familiares, foi realizada uma análise no conteúdo das mensagens de WhatsApp, sendo constatado mensagens em que a vítima dizia estar sendo ameaçada de morte pelos suspeitos abordados. “Afirmou que os abordados teriam efetuados disparos na frente de sua residência, declarando o nome do principal suspeito, pessoa que estava o perseguindo e ameaçando, ponderou o coordenador da DIC.

 

A arma usada no crime não foi localizada. No relatório final do Auto de Prisão em Flagrante, o delegado pontuou todas as diligências realizadas e representou pela prisão preventiva do autuado, um jovem de 22 anos, que já possui passagens por tráfico de drogas e é suspeito de outro homicídio no município.

 

Após os tramites legais, o autuado foi encaminhado ao Presídio Regional de Araranguá, para posteriormente ser encaminhado à audiência de custódia.

Fonte: Portal Agora

Compartilhe esta notícia



Voltar


Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Jornal Volta Grande