ASSINE O JORNAL IMPRESSO

SEMESTRAL R$ 80,00

ANUAL R$ 150,00

(48) 3535-1256


Com exceção de Juliano Arns que aguarda trâmites do CNPJ, Lei, Neguinho, Godoi e Nola tiveram candidaturas deferidas em Forquilhinha

Blog do Mota

há 1 ano


16/10/2020 20h31 - Atualizado em 16/10/2020 21h20


 

A chapa pura do Partido Liberal (PL), formada pelos administradores Geovane de Godoi e Laércio Colombo, foi a segunda, das cinco registradas, a ser deferida pela Justiça Eleitoral em Forquilhinha.

 

Durante a pré-campanha, Godoi foi alvo de diversas Fake News que o colocavam como inelegível, assunto que já era negado por sua equipe jurídica na época e que agora foi comprovado que poderia ser candidato. 

 

Penso que esta indecisão, o afastou de alguns partidos terem coligado com o mesmo.

 

 

 

Lei Alexandre, Neguinho e Nola também tiveram suas candidaturas deferidas

 

Esta semana também a chapa do PSL que tem Nola e Miro de candidatos a prefeito e vice em Forquilhinha, também tiveram suas candidaturas autorizadas pela justiça eleitoral. Já os candidatos Lei Alexandre do Progressistas e Cali Arns (PSB), foram os primeiros a terem deferimentos.  Já Neguinho do PSD e Chile do PDT, bem como sua coligação, também foram aprovados, fato que os deixa também em situação mais tranquila.

 

 

 

Juliano e Dino tiveram sua candidatura Indeferida por problemas de CNPJ mas que está sendo resolvido

 

No inicio da semana a Justiça Eleitoral tinha dado indeferida o registro da candidatura do Candidato a prefeito do Podemos Juliano Arns e seu Vice, Dino.  Segundo Juliano, todos os trâmites burocráticos estão encaminhados, é um aspecto formal do partido relacionado a CNPJ e que a executiva Estadual está dando suporte e que em breve já estará tudo resolvido e não atrapalha a campanha.

Fonte: Jornal Volta Grande/José Mota

Compartilhe esta notícia



Voltar


Utilizamos cookies para sua melhor experiência em nosso website. Ao continuar nesta navegação, consideramos que você aceita esta utilização.

Ok Política de Privacidade

Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Jornal Volta Grande