ASSINE O JORNAL IMPRESSO

SEMESTRAL R$ 75,00

ANUAL R$ 135,00

(48) 3535-1256


Colono e motorista catarinense: eles plantam e transportam a riqueza do agronegócio de Santa Catarina

Agro Noticias

há 20 dias


25/07/2020 10h00


Com um agronegócio produtivo e voltado para atender o mercado interno e o mercado externo, Santa Catarina segue batendo recordes de produção e exportação. Santa Catarina sustenta certificações importantes para impulsionar a sua produção, é reconhecida internacionalmente pela qualidade do seu agronegócio e o cuidado com a saúde animal e vegetal, um trabalho minucioso com ações em defesa sanitária executado pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina - Cidasc.

 

O estado é o único da federação brasileira reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como área livre de febre aftosa sem vacinação e área livre de peste suína clássica. Na área vegetal, é livre de Cydia pomonella e também livre do Moko da Bananeira.

 

De acordo com a presidente da Cidasc, Luciane de Cássia Surdi, todo esse status sanitário não teria sido conquistado se no campo o nosso colono não fizesse o seu dever de casa nos cuidados sanitários e não produzisse alimentos de qualidade. "É um trabalho árduo, diário e muito comprometido de colocar os melhores alimentos na mesa de todos os catarinenses. Quero lembrar que no dia 25 de julho celebramos o Dia do Colono e do Motorista. É também pelas mãos desses catarinenses que plantam e transportam as nossas riquezas que hoje podemos comemorar os números do agronegócio catarinense", celebra Luciane.

 

A presidente complementa "esse ano, mais do que em outras épocas, é importante lembrar, valorizar e estar ao lado dos amigos do campo, "nosso produtor rural", e dos amigos do trecho "nossos motoristas" que se esforçam diariamente para seguir produzindo, transportando e abastecendo todas as regiões do Brasil. O trabalho realizado por eles são serviços essenciais para as nossas vidas. É fundamental celebrar esta grande data para agradecer aqueles que fazem parte dos setores da agricultura e do transporte de cargas tão importantes para a nossa economia".

 

Historicamente, a produção agropecuária do estado tem se mantido no patamar acima dos 60% de participação nas exportações catarinenses. É pelas rodovias que transitam milhões de dólares em produtos exportáveis da agricultura familiar, que asseguram as divisas das quais o estado precisa para sustentar seu desenvolvimento. Sendo assim, o único caminho para escoar as riquezas de todo o estado. 

 

Parabenizamos esses trabalhadores que desempenham uma função primordial para o desenvolvimento agrícola e econômico de Santa Catarina, neste dia de hoje totalmente dedicado a eles. 

 

Fonte: Mariane Rodrigues /Jornal Volta Grande

Compartilhe esta notícia



Voltar


Copyright 2019 - Todos os direitos reservados - Jornal Volta Grande