X

Imagem Banner

Imagem Banner

Imagem Banner

NOTÍCIAS



Imagem Notícia

Defesa Civil contabiliza estragos em 20 cidades por causa da chuva em SC

11/01/2018

Até o fim da noite desta quinta-feira, 11, a Defesa Civil estadual já contabilizava estragos causados pela chuva em pelo menos 20 cidades de Santa Catarina. Só em Florianópolis, um dos municípios mais atingidos pelo temporal que se intensificou na madrugada desta quinta-feira, o número de desalojados já somava 1.230 e o de desabrigados era de 150 — os números são da Defesa Civil Municipal. Ao todo, três abrigos já foram ativados no município e ao menos seis pontos de coleta de doações foram abertos.

Conforme a Defesa Civil estadual, até as 16h desta quinta-feira, o número de pessoas afetadas em Santa Catarina já era de 3,7 mil, e o de casas danificadas, 937. Um novo relatório com números atualizados deve ser divulgado na sexta-feira. Desde segunda-feira até o momento, uma pessoa morreu, uma ficou ferida e duas estão desparecidas. Em Florianópolis, a morte de um homem que sofreu um infarto enquanto limpava um bueiro não está sendo contabilizada como decorrente da tempestade.

Ainda de acordo com o relatório da Defesa Civil, as ocorrências variam entre alagamentos, deslizamentos e chuva intensa. As cidades que tiveram sofreram danos até o momento são: Lauro Müller, Imbituba, Florianópolis, Braço do Norte, São José, São João Batista, Biguaçu, São Francisco do Sul, Penha, Itapema, Balneário Camboriú, Itajaí, Bombinhas, Navegantes, Taió, Camboriú, Porto Belo, Governador Celso Ramos, Tijucas, Palhoça e Canoinhas.

Grande Florianópolis

Florianópolis registrou pelo menos 400mm de chuva desde a segunda-feira — o maior volume no Estado. As principais rodovias estaduais que dão acesso ao norte, sul e leste da Ilha sofreram interdições por causa dos alagamentos. No bairro Itacorubi, um prédio foi inundado e os carros que estavam no estacionamento ficaram encobertos após um rio transbordar. No sul da Ilha, moradores tiveram suas casas alagadas e contabilizam prejuízos em bairros como Rio Tavares e Campeche. No Ratones, norte da Ilha, uma ponte caiu e moradores ficaram ilhados. 

O transporte público também foi afetado: na largada do dia, quando os primeiros ônibus saem das garagens entre 4h30min e 6h, a frota ficou desfalcada em 15%, de acordo com o coordenador técnico do Consórcio Fênix, Rodolfo Guidi. 

No final da noite, apenas a SC-405 ficou bloqueada para veículos pequenos por causa de alagamento.

No continente, foram registrados de dois deslizamentos em Biguaçu e 40 em São José. 

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, decretou situação de emergência. Também disse que vai tentar buscar recursos com a União para os reparos imediatos.

 

Fonte: Diário Catarinense - Larissa Neumann / Foto - Diorgenes Pandini


Ver Todas Notícias



ENTRAR

CADASTRE-SE


ENQUETE

Na sua opinião, que nota você dá para o prefeito de SÃO JOÃO DO SUL, Moacir Francisco Teixeira (MDB); Vice Prefeito: Edson Pereira Trajano (PP) e sua equipe?

 Bom, 8 a 10

 Satisfatório, 5 a 7

 Ruim, 1 a 4

PREVISÃO DO TEMPO


ANUNCIE AQUI

Imagem Anúncio

Imagem Anúncio


Imagem Anúncio

Imagem Anúncio


Imagem Anúncio

Imagem Anúncio


Imagem Anúncio

Imagem Anúncio